quinta-feira, 19 de maio de 2011

SÍNTESE DO LIVRO A IMPORTÂNCIA DO ATO DE LER( Freire, Paulo).

No livro a importância do ato de ler o autor Paulo Freire começa a sua apresentação por dizer que a leitura não deve ser vista por apenas um texto, mas também a do contexto e deve ser cada vez mais seriamente estudada, debatida do lado da questão da alfabetização.
Para o autor a sociedade exclui dois terços de sua população, a leitura e a escrita. Ele ainda diz que é absurdo chegar ao fim do século, do milênio e ainda ostentar índices dos mal alfabetizados, pois existe um número alarmante de crianças entediadas de ler e de ir á escola.
O alfabetizador deve por isso suscitar a curiosidade da leitura. Para tanto os alunos não devem aprender de maneira mecânica, por repetir vez por outra até memorizar. Mas precisa-se que o educador seja dinâmico que faça com que os alunos se interessem, veja com objetos a serem desvelados e não algo parado. Se eles aprenderem de uma maneira profunda, eles conseguirão memorizar e fixá-las.
A educação não deve ser neutra e sim de natureza política. Os educadores não devem ser autoritários, só educadores autoritários negam solidariedade entre o ato de educar e o ato de serem educados pelos educando, só eles separa o ato de ensinar ao de aprender, de tal modo que ensina quem supõe sabendo e aprende quem é tido como quem não sabe nada. Pra o autor a educação também se relaciona com o trabalho, visto que no trabalho se educa e, portanto aprende. E o aprendizado da prática, que também se aprende, não só na teoria.
Paulo Freire diz que a escassez de recursos materiais, reflete necessariamente no plano da alfabetização de adultos e constitui em obstáculos não apenas á sua programação, mas também o seu desenvolvimento.
Reforçando a importância da prática, ele diz: Se, é praticando que se aprende a nadar. É praticando também que se aprende a ler e escrever.
O ato de estudar, não é apenas na escola, estudar é criar e recriar e não repetir o que os outros dizem. Estudar é um ato revolucionário.
É necessário salientar que a curiosidade em face do objeto ou de fato observação ao exigir a compreensão do objeto, que não deve ser só descrito em sua aparência, leva á procura da razão do ser do objeto ou de fato.

Um comentário:

  1. Parabéns pela publicação me ajudou a compreender melhor o livro.

    ResponderExcluir