segunda-feira, 9 de maio de 2011

Ser professor é gostar do outro.

PRETTO, Nelson De Luca; SERPA, Felippe. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. Expressões de sabedoria: educação, vida e saberes : Mãe Stella de Oxóssi, Juvany Viana. Salvador (BA): EDUFBA, 2002. 95, [96-99] p. ISBN 8523202773 (broch.)


 No terceiro capitulo deste livro aborda o tema ser professor é gostar do outro que retrata a história de uma professora chamada Juvany nascida na zona rural que começou a estudar com 7 anos quando foi para Salvador.

A professora Juvany perdeu o seu pai e após um ano da sua morte perdeu também a sua mãe, ficando orfã e por ser a filha mais velha teve que parar de estudar para cuidar dos seus irmãos.  

 Juvany lecionava como voluntária na roça, juntando duas mesas e ums bancos, pois ela queria que as crianças aprendessem a ler. Na época das eleiçoes um candidato a prefeito lhe garantiu que se ganhasse a eleição lhe daria uma escola. Ele ganhou e compriu com a sua promessa. 

O prefeito lhe deu um emprego como professora e construiu um prédio no qual seria o  colégio que ela tanto sonhava, porém como foi construído no terreno massa pé rahou e se acabou antes da professora ensinar.

Como a professora não desistiu do seu sonho, ela comprou 5000 blocos, britas, ferro e com a ajuda do prefeito ela finalmente construiu o seu colégio.

Juvany se considera leiga pelo fato de não ter terminado o estudo, pois ela diz que não fez nen o magistério, devido não ter oportunidade e que por isso ganha menos de um salário.     

Além de ensinar a professora, ela também faz merenda para os seus alunos, ela acorda todo dia as 4 hora da manhã para preparar a merenda para os seus alunos, do qual os gasto eram tirado da renda de sua familia juntamente com os materiais que preciava para escola. 

Devido a turma ser mista ela reveseva os horários das aulas e quando dava para trabalhar com assuntos que desse para juntar a turma ela juntava as duas turmas. Depois a professora passou a dividir as turmas com sua filha que tomou também o gosto pela educação.Atualmente ela esta estudando para se qualificar e se tornar professora, pois é o seu sonho ser uma professora formada.

Apesar das grandes dificuldades encontradas Juvany é um exemplo para nós futuras educadoras, pois ela é bastante criativa, faz atividade lúdicas, se desdobra pra caramba para conseguir um bom êxito no seu trabalho.


Ela se considera leiga, mas para mim ela é mais do que uma professora é uma educadora, pois ela se preocupa com seus alunos, conhecem um por um, sua familia e não só ensina a alfabetização, mas também ensina para aos seus alunos os conecimento muito mais valioso que é o de vida.

    
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário