segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

Segundo Lemle 2001, alfabetizar é compreender que existe uma relação de simbolização entre as letras e os sons da fala, pois as letras para quem ainda não se alfabetizou, são riquinhos pretos no papel. Já para Magda Soares 2002, a alfabetização é um processo de representação de fonema em grafemas e vice-versa, mas ela ainda diz que também é um processo de compreensão, expressão de significados por meio do código escrito, uma vez que não se poderia considerar uma pessoa alfabetizada, uma pessoa que fosse apenas capaz de decifrar símbolos visuais em símbolos sonoros “lendo” com silabas e palavras isoladas.
O letramento corresponde ao resultado de uma ação, e ele é tão complexo que envolve conhecimentos, habilidades, valores e funções sociais. Soares define letramento ao uso de habilidades da escrita no âmbito social e diz que essas habilidades dizem respeito à tecnologia para leitura de um jornal, para informarão sobre acontecimentos ocorridos na localidade ou no mundo, também para o uso de uma carta para se comunicar ou informar, ou seja, a capacidade de interpretar textos e tirar suas conclusões.  Carvalho 2005 cita o letramento como o resultado da ação de ensinar e aprender as práticas sociais da leitura e escrita, também é o estado ou condição que adquirem um grupo social, ou um individuo como conseqüência de ter-se apropriado da escrita e suas praticas sociais.
Nota-se, porém que infelizmente uma grande parte dos professores de alfabetização compreende o processo da alfabetização como um ato mecânico, separado da compreensão, e quando isso ocorre é um desastre, visto que o ensino de palavras soltas, sílaba isoladas, repetição de exercícios sem finalidade ou até mesmo copias tem resultado em um grande desinteresse e rejeição da escrita pelos educandos.
Com isso percebe-se a grande necessidade de ensinar a ler e a escrever dentro do contexto e da praticas sociais de leitura e escrita, pois a alfabetização e o letramento devem caminhar juntos para que se possam formar sujeitos capazes de interpretar o mundo, compreende-lo e alterá-lo criticamente e assim possam refletir sobre sua condição existente no mundo.

Um comentário:

  1. Ótimo resumo,muito bom, claro e objetivo as ideias estao fieis ao livro. Obrigada pela ajuda.

    ResponderExcluir